Açoriano Oriental
Azores Burning Summer celebra 10 anos com Mayra Andrade e noite dedicada a Cabo Verde

O festival Azores Burning Summer, que celebra o 10.º aniversário, realiza-se a 30 e 31 de agosto em São Miguel, Açores, tendo como destaques Mayra Andrade, Moullinex e uma noite dedicada a Cabo Verde

Azores Burning Summer celebra 10 anos com Mayra Andrade e noite dedicada a Cabo Verde

Autor: Lusa/AO Online

De acordo com a organização, o festival, que decorre na Praia dos Moinhos, na freguesia do Porto Formoso, no concelho da Ribeira Grande, conta com música, cinema, debates, ecodesign, veículos elétricos, ‘land art’ e ações comunitárias.

A primeira noite da 10.ª edição do Eco Festival Azores Burning Summer será especialmente dedicada a Cabo Verde, tendo como principal atração a artista Mayra Andrade, que se estreia nos Açores com o projeto “reEncanto”, acompanhada pelo compatriota Djodje Almeida na guitarra acústica.

No anfiteatro natural do parque dos Moinhos, a segunda noite terá como convidados "alguns dos artistas mais marcantes das edições passadas do festival", lê-se na nota de imprensa da organização, onde se dá conta do regresso de Moullinex ao Burning Summer com uma série de músicos convidados para um concerto especialmente concebido para celebrar a 10.ª edição do Festival.

Moullinex é o ‘alter ego’ do produtor português, DJ e multi-instrumentista Luís Clara Gomes, refere ainda a organização.

Atualmente, "cerca de 35% do público" do festival "são turistas e conseguimos garantir que mais de 80% do nosso investimento seja direcionado para empresas e profissionais dos Açores", garantiu Filipe Tavares, diretor do festival e responsável pela associação que organiza o evento - a Associação Regional para a Promoção e Desenvolvimento do Turismo, Ambiente, Cultura e Saúde (ARTAC).

Citado na nota de imprensa, o responsável pela ARTAC sublinhou ainda que o evento tem permitido "aproximar diferentes culturas e trocar experiências", sendo "um evento de acesso equilibrado que valoriza a qualidade da experiência por parte do público e a sua relação com a natureza envolvente".

Ainda de acordo com os dados divulgados pela organização, a edição de 2023 "estabeleceu uma lotação máxima diária de 2.500 pessoas, que corresponde a 75% da capacidade máxima do recinto".


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados