Cancro

Avaliação do projecto de rede nacional oncológica está na fase final


 

Lusa / AO online   Nacional   5 de Abr de 2010, 12:00

O projecto para criar uma rede nacional de cuidados oncológicos, cuja discussão pública terminou em Janeiro e gerou muita polémica, recebeu 40 contributos e está na fase final de análise, disse a ministra da Saúde, escusando-se avançar quando entrará em vigor.
O documento "Requisitos para a Prestação de Cuidados em Oncologia", elaborado pela Coordenação Nacional para as Doenças Oncológicas, gerou maior controvérsia por estabelecer, entre outros "requisitos mínimos", que só as unidades com 500 novos casos por ano continuarão a funcionar.

Define ainda que só haverá serviço de oncologia nos hospitais com, pelo menos, mil novos doentes por ano. A discussão acabou por levar a ministra da Saúde, Ana Jorge, ao Parlamento no dia 14 de Janeiro, a pedido do PSD, para explicar a situação da oncologia em Portugal.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.