Artur Lima convicto de que hoje será "um dia feliz" para o CDS-PP


 

Lusa / AO online   Regional   19 de Out de 2008, 14:21

O líder do CDS-PP Açores, Artur Lima, manifestou-se convicto de que hoje vai ser "um dia feliz para o CDS-PP", depois de exercer o seu direito de voto na freguesia de Porto Martins, na ilha Terceira.
    O cabeça de lista pela Terceira e pelo círculo regional de compensação votou cerca das 11:00 locais (12:00 em Lisboa), acompanhado pela mulher.

    "Chego a este dia com a sensação de dever cumprido, do nosso trabalho feito e de que as pessoas o reconheceram", declarou.

    O líder regional democrata-cristão salientou "a novidade" destas eleições, o círculo regional de compensação, que vai eleger mais cinco deputados do que em 2004 e permitir que os votos que eram 'desperdiçados' em cada ilha contem também.

    "As pessoas devem responder. Está um dia bonito para as pessoas exercerem o seu direito de voto", apelou.

    Artur Lima deixou ainda uma mensagem de esperança na votação do seu partido, que, em 2004, em coligação com o PSD, elegeu dois deputados, um dos quais passou a independente durante o mandato.

    "Estou esperançado. Acho que tudo vai correr bem e que vai ser um dia feliz para o CDS-PP", afirmou.

    As 263 mesas de voto constituídas nos Açores para as eleições de hoje ao Parlamento regional abriram às 08:00 locais (09:00 de Lisboa), sem registo de qualquer anomalia no seu funcionamento.

    Cerca de 191 mil açorianos elegem os novos 57 deputados à Assembleia Legislativa Regional, de cuja composição depende a formação de um novo governo.

    As mesas de voto encerram às 19:00 locais (20:00 de Lisboa).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.