Açoriano Oriental
Antigo rei de Espanha Juan Carlos está nos Emirados Árabes Unidos

O antigo rei de Espanha Juan Carlos encontra-se nos Emirados Árabes Unidos (EAU) desde o passado dia 3, anunciou hje a Casa Real espanhola.

Antigo rei de Espanha Juan Carlos está nos Emirados Árabes Unidos

Autor: Lusa/AO online

“Sua Majestade, o rei dom Juan Carlos indicou à Casa de Sua Majestade que se mudou a 03 de agosto para os Emirados Árabes Unidos, onde permanece desde então”, lê-se num curto comunicado, divulgado pela Zarzuela (Palácio Real).

O paradeiro do rei emérito era desconhecido desde que, nesse dia, a Zarzuela emitiu um outro comunicado a indicar que apoiava a mudança de Juan Carlos de abandonar Espanha para fixar residência noutro país.

Na ocasião, acrescentou que a decisão foi tomada face à repercussão pública de “alguns acontecimentos passados” da vida privada de Juan Carlos e para facilitar ao seu filho e sucessor, Felipe VI, a tranquilidade e o sossego que necessita para o exercício das suas funções.

Desde que o comunicado foi divulgado, foi muita a especulação sobre os vários destinos possíveis, entre eles Portugal.

Também foi noticiada a presença de Juan Carlos, 82 anos, na República Dominicana ou num luxuoso hotel localizada nos EAU, onde afinal permanece e onde já havia estado em várias ocasiões desde que abdicou, em 2004.

O jornal digital Nius já tinha divulgado uma fotografia em que o ex-soberano espanhol descia as escadas do avião e que se presumia ser no aeroporto de Abu Dhabi, a capital do país.

Nem a Zarzuela, nem o Governo nem o advogado de Juan Carlos tinham revelado até hoje o paradeiro do antigo soberano.

Fontes da Casa Real indicavam que deveria ser Juan Carlos quem deveria revelar o seu paradeiro, enquanto o executivo, de Pedro Sánchez, atribuía também a responsabilidade da informação à Zarzuela ou ao pai de Felipe VI.

Após o comunicado de 03 deste mês, Javier Sánchez Junco, advogado de Juan Carlos, divulgou outro comunicado em que revelava que o ex-rei lhe tinha dado instruções para tornar pública a sua decisão.

Na ocasião, Junco referiu que, apesar da decisão de Juan Carlos abandonar Espanha, o antigo soberano espanhol “está, em todo o caso, à disposição do Ministério Público” para “qualquer trâmite ou atuação que se considere oportuna”.

O Procuradoria do Supremo Tribunal espanhol está a investigar a origem de 65 milhões de euros depositados na Suíça em nome da fundação Lucum, com sede no Panamá, para determinar se se tratava de comissões dadas pela Arábia Saudita a Juan Carlos ligadas a um negócio.

Esse dinheiro foi, depois, transferido para uma conta nas Bahamas, em nome de uma ex-amiga do rei, Corinna Larsen.

O local onde Juan Carlos se encontra foi divulgado no mesmo dias em que os reis de Espanha protagonizaram a sua última atividade nas ilhas Baleares, com uma visita a Ibiza, após o que seguiram para Palma, de onde regressarão terça-feira a Madrid.

 


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.