Ameaça de greve ainda paira sobre Cofaco


 

Pedro Nunes Lagarto   Regional   22 de Nov de 2007, 11:00

A Direcção dos Serviços do Trabalho convocou a administração da Cofaco e dois sindicatos dos trabalhadores para uma reunião no dia 29 de Novembro, em Ponta Delgada.
O organismo oficial vai procurar arbitar o conflito de interesses entre Cofaco e os trabalhadores em torno dos acordos de empresa.
Recorde-se que centenas de trabalhadoras da Cofaco manifestaram-se recentemente à porta das fábricas de conservas de peixe nas ilha de São Miguel, Pico e Faial pelo facto de a administração se negar a rever os acordos da empresa.
Exibindo cartazes em que se podia ler “Trabalhadoras estão em luta, Cofaco escuta”, as trabalhadoras reclamavam o aumento do subsídio de alimentação e ainda garantias de progressão na carreira profissional.
Na altura, a administração da Cofaco emitiu um comunicado no qual considerava “despropositada, injusta e imerecida” a greve convocada por dois sindicatos. 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.