Açoriano Oriental
520 trabalhadores entraram nos quadros nos últimos dois meses

O Governo dos Açores revelou que nos últimos dois meses um total de 520 trabalhadores ingressaram nos quadros de empresas da região, com o executivo a apoiar financeiramente estas contratações.

520 trabalhadores entraram nos quadros nos últimos dois meses

Autor: Lusa/AO online

Em nota à imprensa, a vice-presidência do executivo, que tutela as áreas económicas e laborais, diz que a Medida Extraordinária de Estabilização de Trabalhadores (MEET), criada excecionalmente no contexto da pandemia de covid-19, "já permitiu a integração no quadro das empresas de mais 520 açorianos só nos últimos dois meses".

Destes 520 novos contratos de trabalho, é referido, "a maioria está ligada ao setor dos serviços, com destaque para o comércio por grosso e a retalho, a construção civil, bem como o alojamento e a restauração e similares".

A Medida Extraordinária de Estabilização de Trabalhadores desenvolve-se em duas vertentes: neste caso, o mecanismo em vigor é a MEET - Converter, que visa apoiar e incentivar a alteração de contratos de trabalho a termo certo em contratos de trabalho sem termo, ou seja, a integração nos quadros das entidades empregadoras.

Esta medida contempla a atribuição de um apoio adicional no montante de seis mil euros por cada trabalhador que esteja contratado a termo certo e que seja integrado no quadro, sendo que o apoio total do Governo dos Açores no caso dos 520 trabalhadores é superior a três milhões de euros.

“Temos conseguido nos Açores manter o nível do emprego. Mas, mais importante que isso, como demonstra esta medida, além de manter, permite também assegurar um emprego mais estável, dando maior segurança e estabilidade aos trabalhadores nas empresas”, diz o vice-presidente do executivo regional, Sérgio Ávila, citado na nota enviada às redações.

De acordo com dados recentes do Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA), a taxa de desemprego na região no 2.º trimestre de 2020 foi de 4,9%, inferior em 2,3 pontos percentuais relativamente ao trimestre anterior e de 3,3 pontos em relação ao trimestre homólogo, mesmo com o atual contexto de pandemia.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.