Utentes da Casa dos Manaias criam nova imagem nos gatis do CRO

Utentes da Casa dos Manaias criam nova imagem nos gatis do CRO

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   7 de Mar de 2019, 18:00

Os gatis do Centro de Recolha Oficial (CRO) estão com uma nova imagem e até mesmo com melhores condições para acolher os felinos.

Desta forma nos espaços onde se encontram os gatos, foram colocados pelos colaboradores do Parque de Máquinas da Câmara Municipal de Ponta Delgada, vários equipamentos concebidos pelos utentes da Casa dos Manaia, adianta nota de imprensa.

Desde há algum tempo que os utentes da Casa dos Manaias têm vindo a conceber equipamento diverso para o CRO de Ponta Delgada.

No final de 2018, construíram oito floreiras em madeira, que foram colocadas à entrada do CRO, dando mais cor e alegria àquele espaço.

Refira-se que esta é apenas uma das muitas iniciativas que os utentes da Casa dos Manaias têm vindo a realizar desde a criação, em 2013, deste projeto da Câmara de Ponta Delgada, que acolhe, em média, 22 utentes.

Recorde-se que a autarquia de Ponta Delgada criou esse projeto precisamente com o objetivo de criar condições parra que as pessoas em situação de risco, sem abrigo ou vulnerabilidades sociais do centro histórico da cidade passassem a tomar as refeições com maior dignidade e, paralelamente, fazerem a sua higiene diária.

A Casa Manaias tem vindo a revelar-se um sucesso, com vantagens para cada um dos utentes, para as famílias e, sobretudo, para o espírito comunitário que encetamos na estratégia do desenvolvimento social.

O projeto tem como principal objetivo ocupar os sem abrigo do centro histórico de Ponta Delgada, durante o dia permitindo um desenvolvimento das suas capacidades com vista à integração social. Procurar respostas e alternativas mais dignas à condição de sem abrigo ou outra tipo de vulnerabilidade social, através de uma ação integrada de prevenção, reabilitação e reinserção em conjunto com as instituições parceiras.

A “Casa Manaias” funciona de segunda a sexta feira das 09h00 às 17h00, na Rua dos Manaias, com atividades ocupacionais de carpintaria, trabalhos manuais, pintura,costura, culinária, informática, jardinagem, Horta social e música. Existe também apoio regular e consultas de psicologia, psiquiatria e acompanhamento social.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.