Rali Ilha Lilás

Triunfo deixa Ricardo Moura na rota do título

Triunfo deixa Ricardo Moura na rota do título

 

Arthur Melo   Motores   6 de Set de 2008, 20:07

A dupla Ricardo Moura - Sancho Eiró, em Mitsubishi Lancer EVO IX, venceu o Rali Ilha Lilás, ascendendo, em igualdade pontual, à liderança do Campeonato dos Açores de Ralis, quando já só falta disputar o Rallye Lagoa
Na prova do Terceira Automóvel Clube, o piloto micaelense soube tirar partido dos azares que afectaram a prestação de Fernando Peres (terminou em terceiro) e da falta de ritmo de Gustavo Louro (segundo) para conquistar a segunda vitória do ano e que lhe permite estar na discussão pelo título.

Nunca pensei no campeonato mas agora vou pensar”, disse o vencedor, perspectivando a esta distância o encerramento do campeonato nos próximos dias 3 e 4 de Outubro.

No final, Ricardo Moura não escondia a sua satisfação, considerando que “fizemos uma boa prova e tivemos sorte na escolha dos pneus”, factor que foi decisivo na prova que foi marcada pela abundante chuva que se abateu na ilha Terceira nos últimos dois dias.

Para além disso, como ainda salientou, “soubemos gerir os andamentos dos adversários”, sendo que Gustavo Louro tentou manter distância para Fernando Peres, enquanto que o tri-campeão de ralis dos Açores tentava anular a desvantagem que se ia acumulando ao longo da prova.

A prestação do piloto do Porto ficou bastante condicionada pelos furos que sofreu ao longo do rali, o primeiro no decorrer da terceira especial da prova, ainda na noite de sexta-feira, enquanto que já no penúltimo troço voltou a furar. Assim, Peres teve de se contentar com o último lugar do pódio, terminando a 50,4 segundos de distância de Moura.

Curiosa foi a reacção do vencedor quando colocado perante os azares de Peres. “Na Ribeira Grande também sofremos um furo que nos tirou da luta pela vitória”, recordou Ricardo Moura, enquanto que o grande azarado do rali não escondia a sua insatisfação logo após a conclusão da última prova especial de classificação: “correu tudo mal mas são coisas que acontecem. Fica para a próxima e parabéns aos vencedores. Temos de ganhar a última prova”, afirmou Fernando Peres.

Carlos Costa - Luís Ramalho, em Citröen Saxo Cup, sextos da geral, foram os vencedores da Fórmula 3, enquanto que Olavo Esteves - Ricardo Coelho, em renault Clio 2.0 RS, 13º da geral, triunfaram na Fórmula 2.

Marco Sousa - Miguel Bendito, em Fiat Uno Turbo, foram os vencedores entre os VSH.


Classificação final

1º Ricardo Moura, 53m53s7;

2º Gustavo Louro, a 21s7;

3º Fernando Peres, a 50s4;

4º Ricardo Carmo, a 3m09s5;

5º Nuno Rocha, a 3m57s5;

6º Carlos Costa, a 5m00m3;

7º Fernando Meneses, a 5m22s8;

8º Rui Moniz, a 5m42s8;

9º Artur Silva, a 6m49s7;

10º Hermano Couto, a 7m20s7.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.