TRibunal inicia julgamento de empresário e bailarina


 

Lusa/Ao On Line   Regional   3 de Nov de 2009, 05:30

O Tribunal de Ponta Delgada, nos Açores, começa hoje a julgar um empresário e uma bailarina acusados de terem utilizado abusivamente o cartão de crédito de um cliente, num valor superior a oito mil euros.

O caso remonta a Janeiro de 2006 quando o empresário terá digitado quantias que não correspondiam às despesas do cliente, entretanto falecido.

A acusação refere que a bailarina, aproveitando o facto do homem "estar distraído e embriagado", lhe terá tirado o cartão de crédito, entregando-o ao arguido.

Os herdeiros do lesado pedem aos arguidos uma indemnização de 10 mil euros.

O julgamento do caso está marcado para as 9:15 (mais uma hora no continente).


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.