Sporting, Vitória, Belenenses, Cova da Piedade e Sp.Espinho seguem na Taça

Sporting, Vitória, Belenenses, Cova da Piedade e Sp.Espinho seguem na Taça

 

Lusa/Ao online   Futebol   21 de Out de 2018, 07:36

Sporting, Vitória de Guimarães, Belenenses, da I Liga, Cova da Piedade, da II, e Sporting de Espinho, do Campeonato de Portugal, garantiram este sábado, com menor ou maior dificuldade, a continuidade na Taça de Portugal de futebol.

O Cova da Piedade, que é o 15.º classificado da II Liga, foi o protagonista da ronda, ao eliminar o Portimonense, 15.º do escalão principal, e que ainda na última jornada da I Liga derrotou o Sporting (4-2), com um triunfo em casa por 2-1.

Hugo Firmino, aos nove minutos, e Miguel Rosa, aos 32, foram os marcadores dos golos do Cova da Piedade, de pouco valendo aos algarvios o tento do brasileiro Dener, aos 62.

O Vitória de Guimarães, que ocupa o sétimo lugar da I Liga, assegurou a permanência na prova com um triunfo folgado por 7-0 sobre o Valenciano, que segue no oitavo posto da I Divisão da Associação de Futebol de Viana do Castelo.

Para a história do encontro ficaram os golos da vitória ‘gorda’ vimaranense apontados por Davidson (20 minutos), Tyler Boyd (40), Alexandre Guedes (53), Mattheus Oliveira (66), Oscar Estupiñán (71 e 77) e João Afonso (80).

Em Alverca, o Sporting, quinto classificado da I Liga, venceu por 2-1 o Loures, equipa do Campeonato de Portugal, e assegurou a passagem à quarta eliminatória da Taça de Portugal.

Os 'leões' adiantaram-se no marcador em cima do intervalo, por Bruno Fernandes, aos 42 minutos, jogador que ainda falhou uma grande penalidade aos 50, Nani ampliou aos 56, tendo a equipa do Loures reduzido já nos instantes finais da partida, por Juninho, aos 90+2.

O Belenenses, 12.º classificado da I Liga, foi obrigado a meia hora extra frente ao Amora, líder da série D do Campeonato de Portugal, depois de uma igualdade 3-3 no fim do tempo regulamentar e de ter estado por duas vezes em desvantagem.

O Amora colocou-se a vencer por 2-0 com golos de Duque, aos 14 minutos, e de Fidalgo, aos 24, mas o Belenenses chegou ao empate, já na segunda parte, com tentos de Eduardo, aos 69, e Dramé, aos 72.

Diogo Tavares, aos 83 minutos, voltou a dar a vantagem ao Amora, mas Licá, já para lá dos 90, voltou a empatar (3-3). No prolongamento, um golo de Keita, aos 103 minutos, acabou com a resistência do Amora e assegurou a presença dos ‘azuis’ na quarta ronda.

O Sporting de Espinho, do Campeonato de Portugal, 'bateu o pé' ao Académico de Viseu, do escalão secundário, impondo-se nas grandes penalidades (11-10), depois do empate a 2-2 no fim do tempo do regulamentar e da igualdade a 3-3 no termo do prolongamento.

Tal como o Cova da Piedade, que afastou uma equipa de um escalão superior, também o Sporting de Espinho cometeu proeza idêntica e passa a ser, até ao momento, o único representante do Campeonato de Portugal na quarta ronda da Taça.

Sporting, Vitória de Guimarães, Belenenses, Cova da Piedade e Sporting de Espinho juntaram-se a Benfica e FC Porto entre os qualificados para a quarta ronda da Taça de Portugal, cujo sorteio está marcado para o próximo dia 30.

A terceira ronda da Taça completa-se no domingo, com destaque para a receção do Felgueiras 1932, equipa do Campeonato de Portugal, ao Sporting de Braga, e para a deslocação do Desportivo das Aves, detentor do troféu, a casa do Sacavenense, igualmente do Campeonato de Portugal.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.