Sporting pede VAR no futebol feminino após eliminação da Taça de Portugal

Sporting pede VAR no futebol feminino após eliminação da Taça de Portugal

 

Lusa/Ao online   Futebol   17 de Fev de 2019, 09:32

O Sporting pediu a introdução do videoárbitro (VAR) no futebol feminino, na sequência do jogo deste sábado com o Sporting de Braga, dos oitavos de final da Taça de Portugal, que as minhotas venceram por 3-1.

“Como já referimos em Braga, aquando da meia final da Taça da Liga, é essencial introduzir o VAR na luta pela verdade desportiva. Com a transmissão televisiva deste jogo, ficamos todos com provas para podermos pensar se queremos deixar o futebol feminino percorrer o caminho das pedras e das trevas ou se queremos já iluminar o caminho com o VAR”, afirmou o Rahim Ahamad, membro do Conselho Diretivo do Sporting, em declarações à Agência Lusa.

O dirigente ‘leonino’ prometeu ainda que o clube lisboeta “estará sempre na linha da frente na defesa dos valores da transparência no desporto português”.

O Sporting de Braga qualificou-se para os quartos de final da Taça de Portugal, ao receber e vencer o Sporting por 3-1, depois de ter chegado ao intervalo a perder por 1-0, mas contestou muito o segundo golo da equipa minhota, marcado por Keane aos 50 minutos, alegando que a jogadora bracarense partiu de posição irregular.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.