Crise financeira

Sonae "preocupada" com conjuntura económica


 

Lusa/AOonline   Economia   9 de Out de 2008, 15:37

O presidente da Sonae Distribuição afirmou-se "naturalmente preocupado" com a conjuntura económica, mas garantiu que a crise financeira não bloqueou ainda nenhum investimento da empresa.
"A Sonae Distribuição está, como todos os outros agentes económicos, naturalmente preocupada com a conjuntura, mas ainda não temos nenhum investimento parado", afirmou Nuno Jordão à margem da inauguração do Centro Novas Oportunidades da empresa, em Gaia.

    Na sua opinião, vive-se actualmente "uma crise de curto prazo, mas vai haver médio e longo prazo".

    "Qualquer agente económico vai ter que adequar o seu plano de investimentos, por exemplo, à disponibilização por parte do sistema financeiro dos respectivos mecanismos de financiamento desse investimento", afirmou Nuno Jordão.

    Salientando que "uma economia não funciona sem crédito", o presidente da Sonae Distribuição admite que, "se o sistema financeiro rapidamente não voltar à sua missão, isso poderá ter depois impacto nos investimentos".

    "Mas ainda não temos nenhum investimento parado e estamos convencidos que o sistema financeiro vai recompor-se e voltar a funcionar", concluiu.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.