Paquistão

Sete suspeitos dos atentados de Bombaim formalmente acusados


 

Lusa / AO online   Internacional   25 de Nov de 2009, 10:40

Um tribunal especial do Paquistão acusou formalmente sete paquistaneses suspeitos de participarem na preparação da série de atentados que há um ano mataram 166 pessoas em Bombaim, na Índia, informou um dos advogados dos acusados.
A Índia acusa um grupo extremista muçulmano que tem as suas bases no Paquistão, o Lashkar-e-Taiba, de organizar e perpetrar os ataques que atingiram a sua capital económica entre 26 e 29 de Novembro de 2008, e suspeita que os dez atacantes, dos quais apenas um sobreviveu, receberam apoio logístico dos serviços de informações paquistaneses.

A polícia paquistanesa deteve desde então sete suspeitos, entre os quais Zakiur Rehman Lakhvi e Zarar Shah, considerados pela Índia como os dois principais responsáveis pelos atentados.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.