Selecção de râguebi cancela viagem para a Geórgia

Selecção de râguebi cancela viagem para a Geórgia

 

Lusa / AO online   Outras modalidades   7 de Nov de 2007, 16:56

A selecção portuguesa de râguebi cancelou a deslocação à Geórgia, depois de ter sido aconselhada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros a não viajar para o país, devido à situação de instabilidade política em Tiblissi.
Os “lobos” deveriam partir para a capital da Geórgia hoje às 14:00, estando o jogo com a congénere georgiana, do Torneio Europeu das Nações, agendado para sábado.

"Hoje às 11:15, após o treino fui informado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros de que a viagem era desaconselhada, devido à situação no país”, disse à Agência Lusa, Francisco Martins, manager da selecção portuguesa.

Segundo Francisco Martins, a Federação Portuguesa de Râguebi já informou o Internacional Board Rugby e a Federação Internacional de Râguebi Amador, da indisponibilidade em viajar para a Geórgia, estando a aguardar a remarcação do encontro.

Francisco Martins referiu que a selecção portuguesa “está disposta a jogar noutro local, ainda durante o próximo fim-de-semana”, apesar de reconhecer que jogar sábado ou domingo “poderá ser complicado devido, sobretudo, a questões logísticas”.

Quarta-feira, pelo menos 10 pessoas ficaram feridas quando a polícia de choque da Geórgia usou gás lacrimogéneo e canhões de água para dispersar a manifestação da oposição junto ao edifício do parlamento em Tbilissi.

Os manifestantes, apoiantes da oposição georgiana, exigem a demissão do presidente Mikhail Saakachvili,a realização de eleições parlamentares em Abril de 2008, alterações à lei eleitoral e a libertação dos presos políticos.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.