Banca

Santander Totta considera inevitável consolidação do sistema financeiro ibérico


 

Lusa / AO online   Economia   29 de Out de 2009, 10:05

Os movimentos de fusões e aquisições entre instituições financeiras ibéricas vão marcar o futuro dos sectores bancários português e espanhol, defendeu José Elias da Costa, administrador do Santander Totta.
"Pode haver consolidação transfronteiriça entre Portugal e Espanha", afirmou o responsável, acrescentando que "vai haver inevitavelmente uma propensão para a consolidação do sistema financeiro no mercado ibérico".

Questionado sobre se a tendência passará por bancos espanhóis comprarem bancos portugueses e se acredita que o contrário é possível, o administrador do Santander Totta disse que "o BES tem estado relativamente activo em Espanha a procurar expandir o seu 'franchise'. Não estou a ver grande apetência de outros bancos espanhóis virem fazer aquisições em Portugal", acrescenta.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.