Açoriano Oriental
Santana Lopes aponta Congresso para Março
O ex-primeiro-ministro Pedro Santana Lopes disse hoje à Lusa que prevê entregar em Janeiro as 2.500 assinaturas necessárias para a convocação de um Congresso extraordinário do PSD e que este se realize “no princípio de Março”.
article.title

Foto: MIGUEL A. LOPES / LUSA
Autor: Lusa/AO Online

Questionado pela agência Lusa sobre qual a sua previsão quanto ao calendário deste processo, Santana Lopes respondeu: “As assinaturas devem ser entregues o mais depressa possível, durante a primeira quinzena de Janeiro, e o Conselho Nacional deverá convocar o Congresso para o princípio de Março”.

O ex-presidente do PSD apontou “5, 6 e 7 ou 12, 13 e 14 de Março” como datas possíveis para a realização do Congresso extraordinário que pretende convocar.

Desde a entrega das 2.500 assinaturas que, segundo os estatutos do PSD, impõe a convocação de um Congresso extraordinário, “o processo ao todo deve demorar cerca de 45 dias”, estimou.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.