Açoriano Oriental
Roteiro de Arquitetura nos Açores integra 51 obras em oito ilhas
Um total de 51 obras, dispersas por oito das nove ilhas e com "várias linguagens", integram o Roteiro de Arquitetura dos Açores, um projeto 'online' e bilingue da delegação da Ordem dos Arquitetos, a lançar na sexta-feira
article.title

Foto: Beatriz Gomes
Autor: LUSA/AO online

"São 51 obras e abrangem oito das nove ilhas dos Açores. Apenas o Corvo não tem essa cobertura”, afirmou à Lusa o presidente da delegação dos Açores da Ordem dos Arquitetos, Carlos Marques, acrescentando que as obras selecionadas vão desde habitações unifamiliares a equipamentos e arranjos urbanos.

O primeiro Roteiro de Arquitetura dos Açores visa valorizar e divulgar o património edificado no arquipélago e resulta da seleção feita por um júri das várias candidaturas entregues por parte de arquitetos açorianos ou não, mas com obra feita nas ilhas.

Carlos Marques manifestou-se “absolutamente convicto” de que o resultado final do projeto será “uma grande surpresa” quer para os arquitetos, quer para o público em geral, dado que nos Açores existem “obras de grande valor e qualidade, mas são ainda desconhecidas”.

Nos últimos anos vários projetos arquitetónicos edificados nas ilhas têm merecido destaque em revistas da especialidade e prémios em concursos internacionais.

Segundo Carlos Marques, mais do que uma montra do melhor da arquitetura na região, o roteiro pretende ser uma “mais-valia para os turistas esclarecidos” que visitam as ilhas e que “não vêm só pelas paisagens, gastronomia ou artesanato, mas sim por um todo”.

Poderá ser consultado numa página na internet (a divulgar na sexta-feira) com informação em português e inglês, onde vão constar referências aos Açores, à Madeira e ao continente português, sendo que “o único que estará para já operacional será o dos Açores”.

Carlos Marques adiantou que ao clicar no ícone dos Açores se abrirá uma pasta com informação sobre o roteiro. Clicando individualmente nas 51 obras, abrirá informação mais específica, com “uma descrição da obra em si, fotos do exterior e interior, quando possível, e uma ligação georreferenciada ao mapa”.

O responsável adiantou ainda que no início de 2016 será aberta uma nova fase de candidaturas, dado que “este não é um projeto fechado”.

O lançamento oficial do Roteiro de Arquitetura dos Açores ocorre na sexta-feira no Centro de Artes Contemporâneas, uma antiga fábrica na Ribeira Grande que foi requalificada, mas não integra este projeto.

Nos Açores existem cerca de 220 arquitetos.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.