Televisão

Regresso de Conan O'Brien visto por mais de 4 milhões de telespectadores


 

Lusa/AO online   Internacional   10 de Nov de 2010, 14:45

O novo programa de Conan O'Brien, que estreou na segunda-feira no canal norte-americano TBS, foi visto por 4,1 milhões de telespectadores, número superior ao de outros programas do género na mesma noite.
Na segunda-feira, "Conan" registou 4,1 milhões de telespectadores ao passo que o "The Tonight Show", apresentado por Jay Leno na NBC, atraiu 3,5 milhões de norte-americanos.

De acordo com a empresa Nielsen, que mede audiências nos Estados Unidos, programas como o "The Daily Show with Jon Stewart", "The Colbert Report", ou os 'talk-shows' de David Letterman e Jimmy Fallon ficaram também atrás da estreia de Conan O'Brien.

Conan O'Brien regressou à televisão, com um novo programa intitulado "Conan", dez meses depois da polémica saída da NBC, onde foi substituído na condução do "The Tonight Show" por Jay Leno, que já havia ocupado o lugar de apresentador do programa antes da chegada de Conan O'Brien.

A guerra entre o apresentador e a NBC valeu a Conan O'Brien mais de 30 milhões de dólares (21 milhões de euros) de indemnização depois da recusa em mudar o horário do programa para meia hora mais tarde a fim de integrar um novo programa de Jay Leno.

No regresso ao formato de 'talk-show', Conan O'Brien não se negou a fazer humor com a sua saída da NBC. "As pessoas perguntam-me porque dei o nome 'Conan' ao meu novo programa. Deste modo serei mais difícil de substituir", comentou, referindo-se indiretamente à substituição na condução do "The Tonight Show".

Os atores Seth Rogen e Lea Michele e o músico Jack White (dos The White Stripes) foram os primeiros convidados do novo programa de Conan O'Brien.

Os 4,1 milhões de espectadores de "Conan" são particularmente representativos tendo em conta que a TBS é transmitida exclusivamente no cabo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.