Açoriano Oriental
OE2013
Redução dos escalões de IRS aumenta progressividade do imposto
O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, garantiu esta quarta-feira que o IRS será mais progressivo em 2013 que foi em 2012, porque nas suas contas a taxa média efetiva a pagar aumentará mais para os rendimentos mais elevados.
Redução dos escalões de IRS aumenta progressividade do imposto

Autor: Lusa/AO online

"A taxa média efetiva aumenta mais para os rendimentos mais elevados. Isto significa que o IRS é mais progressivo que em 2012", afirmou o governante.

Vítor Gaspar, que falava na sua intervenção inicial numa audição na comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Administração Pública, respondia assim aos críticos que têm colocado em causa a constitucionalidade das mudanças nos escalões de IRS por colocarem em causa o princípio da progressividade.

O ministro apresenta aos deputados a proposta de Orçamento do Estado para 2013, entregue ao Parlamento no dia 15 de outubro.

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.