PSD, CDS e PS aprovam renovação extraordinária dos contratos a termo


 

Lusa/AO online   Nacional   9 de Dez de 2011, 11:42

PSD, CDS e PS aprovaram em votação final global a proposta do Governo que estabelece um regime de renovação extraordinária dos contratos a termo certo e o modo de cálculo da compensação aplicada aos contratos renovados.
Ao contrário da posição oficial dos socialistas, a deputada independente do PS Isabel Moreira votou contra, ao lado do PCP, Bloco de Esquerda e Partido Ecologista "Os Verdes".

Em plenário, antes das votações, PCP, Bloco de Esquerda e "Os Verdes" fizeram um ataque cerrado ao executivo PSD/CDS e ao PS, acusando-os de estarem a "perpetuar os contratos a prazo" e a "agravar a precariedade" laboral em Portugal.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.