Presidente do Governo inaugurou nova aerogare das Lajes


 

Lusa / AO Online   Regional   19 de Set de 2008, 14:40

A nova aerogare do aeroporto das Lajes, ilha Terceira, um investimento de 25 milhões de euros, foi hoje inaugurada pelo presidente do Governo açoriano, no seu último acto público antes das eleições regionais de 19 de Outubro.
    A nova aerogare, que foi construída através do aproveitamento e requalificação da anterior estrutura, possui novas áreas de chegadas e partidas de passageiros, bagagens e zonas de estacionamento, e já movimentou, no último ano, mais de meio milhão de passageiros.

    A localização da nova infra-estrutura, que foi determinada por um estudo da empresa ANA, tem uma área total coberta superior a 16 mil metros quadrados e uma capacidade para servir 750 mil passageiros por ano.

    Na ocasião, o presidente do Governo Regional realçou que “esta é a maior aerogare civil dos Açores e a mais moderna, quer na concepção dos seus espaços, quer no aparato tecnológico associado às suas funcionalidades”.

    O responsável justificou o investimento público pela necessidade de corresponder ao aumento do número de passageiros, para “fazer face aos novos imperativos de regulação de serviços no sector e uma obra condizente com a dimensão qualitativa” que quer transmitir à região, no seu conjunto, e à ilha Terceira em particular”.

    Para Carlos César, a actual aerogare “não tem comparação com a anterior porque possui mais espaços amplos, catorze balcões na zona das partidas, galeria comercial, onze lugares para empresas de aluguer de automóveis, três bares e um restaurante”.

    O chefe do executivo açoriano garantiu que vão ser concluídas “as obras relativas aos parques de estacionamento, para 557 viaturas nas zonas de partida e para as chegadas, dos quais 72 destinados às empresas de aluguer de veículos”.

    Carlos César disse ainda que “na próxima legislatura será ampliada a placa de estacionamento de aeronaves civis deste Aeroporto - cujo projecto já está a ser elaborado pela ANA -, reformulado o sistema de terminal para cargas e desenvolver espaços para reparação e manutenção de aeronaves e para armazenagem de equipamento de placa”.

    A aerogare das Lajes está localizada nos terrenos da Base Aérea n/o 4, das Lajes, onde está também baseado um destacamento de militares norte-americanos.

    Os aviões civis das companhias portuguesas e estrangeiras utilizam a pista do aeroporto militar que tem 3,2 quilómetros de comprimento e 91 metros de largura.

    Carlos César aproveitou a ocasião para dizer que estes investimentos “fazem parte do conjunto vasto de obras que decorrem nos Açores, reforçando a qualidade das nossas acessibilidades por via aérea”.

    Para essa melhoria, já contribuem as novas aerogares das Flores, São Jorge, Graciosa e o novo aeroporto do Pico, investimentos que ascenderam a mais de 60 milhões de euros.

    Carlos César prometeu a continuação do esforço de investimento neste sector com a ampliação do aeroporto de São Jorge, pelo valor de 23,2 milhões de euros, e com um prazo de execução de 640 dias.

    Acrescentou que foram, também, lançados os concursos para a elaboração dos projectos de ampliação das pistas da Graciosa e do Corvo, pretendendo-se igualmente, na próxima legislatura, ampliar o aeroporto da Horta (Faial) e garantir a certificação da iluminação do Aeroporto das Flores.

    César relembrou que toda a mudança no sector aéreo culmina com a aquisição dos novos aviões da SATA, destinados às ligações inter-ilhas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.