Portugal torna-se quarto país a conceder ajuda orçamental a Cabo Verde

Portugal torna-se quarto país a conceder ajuda orçamental a Cabo Verde

 

Lusa/AO Online   Internacional   12 de Dez de 2008, 14:10

Portugal tornou-se hoje o quarto país a conceder ajuda orçamental a Cabo Verde, parte da qual vai incidir na área da segurança e que até 2011 será de sete milhões de euros.
 A assinatura do acordo entre os dois países só aconteceu hoje, mas para o Orçamento de 2008 Portugal já disponibilizou 1,5 milhões de euros, a mesma cifra que para o Orçamento de Estado de 2009.

    Além de Portugal, Cabo Verde beneficia de ajuda ao orçamento da Áustria, Espanha e Holanda, bem como da União Europeia, Banco Mundial e Banco Africano de Desenvolvimento.

    Pela primeira vez, a ajuda orçamental contempla a segurança, uma área em que "o Governo de Cabo Verde tem vindo a solicitar ajuda", como disse à Lusa a embaixadora de Portugal na Cidade da Praia, Graça Guimarães, justificando que seja esse um dos "sectores de seguimento" na ajuda orçamental.

    A segurança "é uma prioridade do Governo, todos os dias afirmada por vários dos seus membros", salientou.

    Cabo Verde tem conhecido nos últimos tempos um grande aumento na criminalidade, especialmente na capital, Cidade da Praia.

    A área da segurança, segundo a embaixadora, "ganhou cada vez mais expressão nos programas de cooperação bilateral" entre Portugal e Cabo Verde, através nomeadamente da cooperação técnico-militar e policial.

    "A ajuda orçamental é um voto de confiança no Governo e nas políticas que estão a ser implementadas, na capacidade demonstrada de gestão orientada e transparente das finanças públicas", disse a embaixadora portuguesa à Lusa, frisando que mesmo assim apenas representa 10 por cento do total da ajuda que Portugal dá a Cabo Verde.

    Cristina Duarte, ministra das Finanças de Cabo Verde, afirmou, quando da assinatura do acordo, que a entrada de Portugal no grupo de parceiros que prestam ajuda orçamental "é muito especial" e que essa ajuda vai ser canalizada nomeadamente para o crescimento económico e redução da pobreza.

    O Produto Interno Bruto (PIB) de Cabo Verde tem crescido anualmente a uma média de sete por cento, desde 2001.

    O Orçamento de Estado de Cabo Verde para o próximo ano é de cerca de 453 milhões de euros.

   

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.