PGR nega acesso a certidões relativas a escutas que envolvem Sócrates

PGR nega acesso a certidões relativas a escutas que envolvem  Sócrates

 

Lusa/AO Online   Nacional   23 de Dez de 2009, 09:50

O procurador-geral da República informou hoje que não autoriza o acesso às certidões do processo Face Oculta relativas a escutas telefónicas que envolvem o primeiro-ministro, José Sócrates.

Pinto Monteiro refere, em comunicado enviado às redacções, que se impõe o "acatamento" da decisão do presidente do Supremo Tribunal de Justiça, que decidiu considerar nulas todas aquelas certidões, "razão pela qual não é possível facultar o acesso".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.