Religião

Peregrinação ao Santuário de Fátima vigiada por 30 bombeiros

Peregrinação ao Santuário de Fátima vigiada por 30 bombeiros

 

Lusa/AO online   Nacional   10 de Out de 2009, 15:21

Trinta bombeiros de cinco corporações, apoiados por nove ambulâncias de socorro constituem o dispositivo da Protecção Civil para a peregrinação internacional de 12 e 13 de Outubro, revelou fonte da Câmara Municipal de Ourém.

O vereador com o pelouro da Protecção Civil da autarquia, João Moura, explicou que o dispositivo é menor do que noutras peregrinações ao santuário dado “não se prever um afluxo grande de pessoas”. “O dispositivo é basicamente idêntico ao que foi disponibilizado para a peregrinação de 12 e 13 de Agosto, que coincidiu também com dias da semana”, declarou João Moura. “Como a peregrinação de Outubro decorre em dias da semana, achamos que não será como num fim-de-semana”, disse, acrescentando serem ainda desconhecidos os meios que o Instituto Nacional de Emergência Médica vai disponibilizar para Fátima. Segundo o responsável, haverá ainda um reforço de recursos mobilizados para assegurar o fornecimento dos serviços essenciais, como o abastecimento de água, electricidade, recolha de lixo e comunicações. “Nestas ocasiões há sempre um reforço dos piquetes destes serviços”, adiantou João Moura, referindo ainda que “a viatura de comunicações do município vai estar em frente ao quartel dos Bombeiros Voluntários de Fátima”. Também os piquetes da autarquia estarão de prevenção. A peregrinação internacional aniversária de Outubro é aquela que, a seguir à de Maio, mais peregrinos leva ao santuário da Cova da Iria. As cerimónias serão presididas pelo cardeal-patriarca de Lisboa, D. José Policarpo e começam às 18:30 de segunda-feira, na Capelinha das Aparições, com a saudação aos fiéis. Três horas depois decorre a recitação do terço, a procissão de velas e a celebração da eucaristia. Após uma noite de vigília, as cerimónias são retomadas na manhã de terça-feira, com a recitação do terço às 09:00, na Capelinha das Aparições. Uma hora mais tarde começa a principal celebração da peregrinação: a procissão, a eucaristia, a bênção dos doentes, a consagração e o adeus.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.