Pelo menos 8 mortos e 40 feridos em atentado suicida

Pelo menos 8 mortos e 40 feridos em atentado suicida

 

LUSA/AO Online   Internacional   15 de Dez de 2009, 07:33

Pelo menos oito pessoas morreram e 40 ficaram feridas hoje, num atentado suicida no centro de Cabul, capital do Afeganistão, junto de um hotel e da residência de um ex-vice-presidente afegão, segundo as autoridades.

De acordo com o Ministério do Interior, o alvo que o bombista suicida pretendia atingir é ainda pouco claro.

Mas as autoridades sabem que o ataque, registado às 09:30 locais (06:00 em Lisboa), se tratou de "um atentado suicida".

"Oito pessoas morreram. Quatro eram mulheres e as outras quatro eram homens", referiu o porta-voz do Ministério do Interior, Zemeri Bashary, adiantando que 40 pessoas ficaram feridas.

"Estamos a efectuar investigações. Não sabemos qual era o alvo do ataque", adiantou.

Contudo, elementos da segurança presentes no local afirmam que o ataque visava o ex-vice-presidente Ahmad Zia Massoud, irmão do lendário herói anti-talibã Ahmad Shah Massoud, morto pela Al-Qaida dois dias antes dos ataques de 11 de Setembro de 2001 contra os Estados Unidos.

"É claro que o alvo éramos nós", garantiu Shah Asmat, assessor do ex-vice-presidente.

"Primeiro os talibãs mataram Massoud. Agora, tentaram matar o irmão", disse.

A explosão no bairro Wazir Akbar Khan provocou ligeiros danos no hotel Heetal, pertencente ao filho de Burhanuddin Rabbani, ex-presidente do Afeganistão de 1992 a 1996.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.