Açoriano Oriental
Covid-19
PCP pede ao Governo para corrigir “exageros” nas regras para restaurantes

O PCP pediu, esta segunda-feira, ao Governo que corrija os “exageros e desajustamentos” e “restrições horárias” dos restaurantes ao fim de semana devido à pandemia de covid-19, “em diálogo e articulação com as associações empresariais e sindicatos”.

PCP pede ao Governo para corrigir “exageros” nas regras para restaurantes

Autor: Lusa/AO Online

Os comunistas consideram ser “necessário responder rapidamente” aos problemas da restauração e o executivo deve fazer uma “reflexão e correção das medidas avançadas” relativamente a “restrições horárias e de funcionamento dos estabelecimentos, pondo cobro a exageros e desajustamentos em função dos setores específicos mais afetados”, segundo um comunicado do gabinete de imprensa do PCP.

Sem avançar com propostas muito concretas, o partido quer uma “reconsideração e calibração das medidas avançadas” para que sejam uma “efetiva rede de sobrevivência e salvaguarda das micro e pequenas empresas afetadas, eliminando critérios que até hoje têm constituído barreiras ao acesso de milhares de empresas”.

Os comunistas reclamaram ainda um combate à burocracia do “aparelho de Estado” para que os apoios sejam distribuídos de forma rápida, dado que “não é possível” as empresas suportarem “meses de atraso”.

Para o PCP, as “recentes e ‘novas’ medidas avançadas pelo Governo, em particular os confinamentos de fim de semana, particularmente gravosas para a restauração, são manifestamente desproporcionadas e exageradas, mal desenhadas, a suscitar uma ampla e vigorosa oposição dos empresários mais afetados”.

As medidas anunciadas “são também, mais uma vez insuficientes, meros paliativos incapazes de fazer frente aos prejuízos causados pelas decisões do Governo PS”, lê-se ainda no comunicado.

O PCP recordou que assumiu estas críticas “ao votar contra o estado de emergência” e na reação às mais recentes decisões do Conselho de Ministros.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.