Açoriano Oriental
OE2021
PCP contra orçamento baseado no critério do défice

O PCP defendeu que o Governo não deve “construir” o Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) nem os próximos com base apenas no objetivo do défice, mas sim dar respostas aos problemas do país.

PCP contra orçamento baseado no critério do défice

Autor: Lusa/AO Online

“O défice não deve ser critério de construção do OE. A resposta ao problema do país é que deve ser esse critério”, afirmou João Oliveira, líder parlamentar do PCP, no final de uma reunião com o ministro das Finanças, João Leão, e o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, para lhe serem apresentadas as linhas gerais do OE2021 e o quadro macroeconómico.

O deputado comunista não confirmou valores avançados na reunião pelo Governo para o défice orçamental – a RTP noticiou entre 7,0 e 7,5% para 2021 e 4,0% este ano – mas fez um aviso de que, para dar a resposta aos problemas causados pela pandemia de covid-19, o cumprimento do défice “não deve ser critério”.

“O critério deve ser o de considerar a resposta que o país precisa e encontrar os meios de resposta. Se for preciso que o défice das contas públicas seja desviado do caminho, tem que ser essa a opção a fazer”, disse João Oliveira.

O presidente da bancada do PCP continua a não adiantar qualquer sentido de voto e insistiu que só o fará depois de ver o que ficou inscrito no documento, após a sua entrega no parlamento, em 12 de outubro.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.