Açoriano Oriental
EUA/Eleições
Nicolás Maduro torce por diálogo “sincero e direto” com Joe Biden

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, expressou a esperança de estabelecer canais de diálogo “decentes, sinceros e diretos” com Joe Biden, depois de já ter felicitado o candidato democrata pela vitória nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Nicolás Maduro torce por diálogo “sincero e direto” com Joe Biden

Autor: Lusa/AO Online

"Trabalharemos com fé, com paciência, com a bênção de Deus, esperemos, para retomar canais de diálogo decentes, sinceros e diretos entre o futuro governo de Joe Biden e o governo legítimo e constitucional da Venezuela, a que presido", afirmou o chefe de Estado venezuelano num evento transmitido pela estação de televisão pública VTV.

Sem nunca esconder as críticas ao Presidente norte-americano Donald Trump, que ainda não veio reconhecer publicamente o triunfo do adversário na corrida à Casa Branca, Nicolás Maduro acusou Trump de deixar um “campo minado” nas relações diplomáticas entre os dois países - que até há algumas décadas chegaram a ser aliados – e defendeu que o voto do povo americano refletiu uma vontade de “mudança” no país e no mundo.

“Esperemos que eles [Joe Biden e Kamala Harris] sejam capazes de interpretar o tempo histórico da humanidade e dos Estados Unidos”, acrescentou o presidente venezuelano, considerando que a dupla democrata soube responder à “esperança de uma imensa maioria".

A Venezuela e os Estados Unidos têm tido uma relação tensa nos últimos 20 anos, desde que Hugo Chávez chegou ao poder em 1999, com Caracas a apontar o dedo ao imperialismo americano e Washington a ripostar com sanções. A tensão não baixou com Nicolás Maduro, que viu em março a administração Trump acusá-lo de narco-terrorismo e oferecer uma recompensa de 15 milhões de dólares por informações que levassem à sua captura.

O candidato democrata Joe Biden foi anunciado no sábado como vencedor das eleições presidenciais de 03 de novembro, segundo projeções dos ‘media’ norte-americanos.

Segundo as projeções, Biden totaliza 290 “grandes eleitores” do Colégio Eleitoral, derrotando o candidato republicano e atual Presidente Donald Trump.

A posse de Biden como 46.º Presidente dos Estados Unidos está marcada para 20 de janeiro de 2021.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.