Miguel Oliveira com a pior qualificação do ano no GP da Austrália de Moto2

Miguel Oliveira com a pior qualificação do ano no GP da Austrália de Moto2

 

Lusa/Ao online   Outras modalidades   27 de Out de 2018, 11:24

O piloto Miguel Oliveira (KTM) fez este sábado a sua pior qualificação da época ao conseguir apenas o 20.º lugar na grelha de partida para o Grande Prémio da Austrália de Moto2.

O português da marca austríaca fez a sua melhor volta em 1.34,556 minutos, a 1.188s do mais rápido, o italiano Mattia Pasini, numa Kalex. Depois de ter estado muito tempo na 17.ª posição e de ter ido duas vezes às boxes retocar afinações na KTM, Oliveira saiu para a pista a oito minutos da bandeirada de xadrez mas não conseguiu melhorar o seu registo e acabou mesmo empurrado para o 20.º posto nos instantes finais da sessão.

Já o líder do campeonato, o também italiano Francesco Bagnaia (Kalex) também sentiu dificuldades com o vento da pista australiana e não foi além do 16.º posto na grelha, a 0.999s do mais rápido.

Para Miguel Oliveira, que este ano tem sentido muitas dificuldades nas qualificações devido à menor velocidade de ponta da sua mota, foi a pior qualificação do ano, depois do 18.º posto no GP de Aragão e de dois 17.º (na Catalunha e na Holanda).

Se em Aragão em recuperou até ao sétimo lugar, na prova espanhol foi segundo e sexto na holandesa.

A três provas do final do campeonato, o piloto luso está na segunda posição da classificação, a 37 pontos do líder, Francesco Bagnaia, que se pode sagrar campeão se fizer mais 13 pontos do que Oliveira.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.