Mais de 90% do QREN vai para regiões Norte, Centro, Alentejo e Açores

Mais de 90% do QREN vai para regiões Norte, Centro, Alentejo e Açores

 

Lusa/AO online   Regional   7 de Nov de 2013, 14:43

Mais de 90% dos fundos do QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional) vão em 2014 para as regiões "mais pobres" do Norte, Centro, Alentejo e Açores, anunciou o ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Poiares Maduro no parlamento.

"Noventa e três por cento dos fundos serão dirigidos às regiões mais pobres do Norte, Centro, Alentejo e Região Autónoma dos Açores", disse o ministro na sua intervenção inicial.

Segundo o governante, os restantes 7% serão investidos nas regiões de Lisboa, Algarve e Madeira.

O ministro falava na comissão conjunta de Orçamento, Finanças e Administração Pública, Economia e Obras Públicas, Ambiente, Ordenamento do Território e Poder Local e Ética, a Cidadania e a Comunicação, onde está a ser ouvido.

Afirmando que os fundos do QREN serão, nos próximos anos o “essencial daquilo que este ou qualquer Governo disporá para apoiar o investimento e a atividade económica em geral”, Poiares Maduro disse ainda que as “empresas que investem, empregam e produzem (…) serão as primeiras destinatárias dos fundos europeus”.

O ministro assegurou ainda que, no segundo semestre de 2014, o Governo já estará a canalizar para a economia portuguesa fundos do novo quadro europeu.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.