Iraque

Juiz francês acusa Total no caso "petróleo por alimentos"


 

Lusa / AO online   Internacional   6 de Abr de 2010, 12:43

O grupo francês Total foi acusado a 27 de Fevereiro por um juiz francês no caso do "petróleo por alimentos", um programa dos anos 1990 no Iraque, disse a empresa à AFP.
"O grupo Total foi constituído arguido a 27 de Fevereiro", disseram um porta-voz da Total e a advogada do grupo petrolífero, Jean Veil, esclarecendo uma notícia do jornal Les Echos, sobre uma acusação "no início de 2010, por corrupção, cumplicidade e encobrimento de tráfico de influência".

"A decisão relança o procedimento judicial" em França relativamente ao programa humanitário criado pela ONU nos anos 1990 e que se transformou num amplo processo de corrupção, admitiu a advogada.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.