Açoriano Oriental
Jorge Jesus recorda "13 meses de uma união perfeita" no Flamengo

O novo treinador de futebol do Benfica, Jorge Jesus, recordou hoje “13 meses de uma união perfeita” ao despedir-se do Flamengo, num “fim de um ciclo” sem “mágoas” e “ressentimentos”, em que demonstrou “eterna gratidão” pela “nação rubro-negra”.

Jorge Jesus recorda "13 meses de uma união perfeita" no Flamengo

Autor: AO Online/ Lusa

“Foram 13 meses de uma união perfeita, tempo em que fui muito feliz, me senti em casa, tivemos conquistas inesquecíveis. Mas hoje nos reunimos com a diretoria do Flamengo e decidimos que era o momento de encerrar nossa relação, sem mágoas, ressentimentos. Um rompimento que não deixará cicatrizes, somente lembranças de vitórias e títulos, de emoções que carregarei para toda vida”, escreveu na sua conta na rede social Instagram.

Pouco depois de ser anunciado como novo treinador dos ‘encarnados’ para a época 2020/21, Jorge Jesus assumiu o “fim de um ciclo” na sua publicação.

“Chegou a hora de voltar a Portugal. O Flamengo, tenho certeza, seguirá sua trajetória vitoriosa porque conta com elenco e estrutura à altura de sua grandeza. Ao clube, sua diretoria e seus funcionários, a esse grupo fantástico de jogadores, à Nação Rubro-negra, minha eterna gratidão, vocês permanecerão para sempre em meu coração”, asseverou.

As palavras de Jesus ‘acompanham’ um vídeo em que o técnico recorda os melhores momentos da sua passagem pelo emblema carioca, ao serviço do qual conquistou seis troféus em pouco mais de um ano, incluindo a Taça Libertadores e o campeonato brasileiro.

Jorge Jesus vai regressar em 2020/21 ao Benfica, cinco anos depois de ter saído para o Sporting, confirmou na sexta-feira o clube ‘encarnado’ em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa [...] que entrou em contacto com o CR Flamengo, dando conta da sua intenção de contratar o treinador Jorge Jesus, tendo encetado negociações para o efeito. Mais se informa que a Benfica SAD apresentou uma proposta de contrato de trabalho desportivo ao treinador Jorge Jesus, tendo a oferta sido aceite pelo mesmo”, diz o comunicado.

Jorge Jesus, que completa 66 anos dentro de uma semana, foi técnico principal do Benfica entre 2009/10 e 2014/15, período em que conquistou 10 títulos, nomeadamente três campeonatos, uma Taça de Portugal, uma Supertaça e cinco edições da Taça da Liga.

O técnico ingressa do Benfica depois de rescindir contrato com o Flamengo, clube brasileiro com o qual tinha renovado contrato por um ano há pouco mais de um mês.

Jesus começou a carreira no Amora, em 1989/90, e, depois, passou por Felgueiras, União da Madeira, Estrela da Amadora, Vitória de Setúbal, Vitória de Guimarães, Moreirense, União de Leiria, Belenenses e Sporting de Braga, antes de chegar à Luz.

Depois de se tornar o mais titulado treinador dos ‘encarnados’, que também levou a duas finais da Liga Europa, perdidas para Chelsea (2012/13) e Sevilha (2013/14), rumou ao Sporting, tendo passado ainda pelo Al-Hilal antes de chegar ao Flamengo.

No comunicado enviado à CMVM, o Benfica não indica o tempo de duração do contrato ou os valores envolvidos.



 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.