Jorge Jesus acredita “no projeto do Flamengo” e aponta à Taça Libertadores

Jorge Jesus acredita “no projeto do Flamengo” e aponta à Taça Libertadores

 

AO Online/ Lusa   Futebol   1 de Jun de 2019, 19:03

O treinador português Jorge Jesus disse este sábado que assinou pelo Flamengo porque acredita “no projeto” do clube brasileiro de futebol, elogiando o presidente do emblema e apontando à conquista da Taça Libertadores.

Hoje oficializado como técnico do ‘mengão’, o luso falou à Eleven Sports Portugal no relvado do Wanda Metropolitano, onde se vai jogar hoje a final da Liga dos Campeões, entre Tottenham e Liverpool, ao lado do presidente, Rodolfo Landim.

Depois de o líder do emblema do Rio de Janeiro ter elogiado Jorge Jesus, que tem “a cara e o ADN do Flamengo”, o português agradeceu o “grande elogio” e destacou “a crença do presidente”.

“Só ele é que me podia trazer para o Flamengo. Acreditaram em mim, e eu acredito no projeto do Flamengo”, atirou.

Landim comentou como Jesus “odeia perder, como todos os ‘rubronegros’”, e o próprio treinador brincou com a sua presença no recinto da final da ‘Champions’.

“O vencedor de hoje vai jogar o Mundial de Clubes, e nós se ganharmos a Libertadores podemos jogar com um dos dois emblemas”, referiu.

Jesus foi hoje confirmado na equipa da primeira divisão brasileira, assinando um contrato de uma época depois de treinar equipas como Sporting de Braga, Benfica, Sporting ou os árabes do Al Hilal, o último emblema que representou.

Os detalhes da contratação foram acertados em Madrid, cidade em que deu as primeiras declarações como treinador do ‘Mengão’, que diz ser “um dos quatro clubes mais famosos do mundo”, ao lado de Boca Juniores, FC Barcelona e Real Madrid.

“O Flamengo vai dar-me uma possibilidade de ganhar a Taça Libertadores e de ganhar o Mundial. Fiquei muitos anos no Benfica e ganhei tudo. E esse é o objetivo maior que fez com que eu aceitasse o desafio do Flamengo”, afirmou Jorge Jesus, em declarações à Globo Esporte.

O técnico revelou que ainda existe um impasse relativamente à formação da sua equipa técnica, uma vez que “não está decidido” se também o acompanham os habituais adjuntos.

Jesus vai assumir uma equipa que já está nos oitavos de final da Taça Libertadores, em que vai defrontar os equatorianos do Emelec, no final de julho.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.