Sociedade

Homem barrica-se em casa durante nove horas


 

Lusa / AO online   Nacional   3 de Dez de 2009, 14:23

Um homem de 39 anos armado barricou-se quarta-feira em casa, na aldeia de Mina de São Domingos, concelho de Mértola, durante nove horas, ameaçando suicidar-se ou matar quem se aproximasse, disse à Lusa fonte da GNR.
Devido a alegadas "divergências familiares", o homem, que reside com os pais, barricou-se "por volta das 14:00", quando na residência estava apenas a mãe, que deixou sair, ficando sozinho, explicou o oficial de relações públicas do Comando Territorial de Beja da GNR, major José Candeias.

A GNR deslocou para o local uma força que "confirmou que o homem estava barricado em casa, sozinho, armado com uma caçadeira e ameaçava suicidar-se ou matar quem se aproximasse", precisou o oficial.

"No início, o homem não quis manter diálogo com a Guarda e recusava-se a sair de casa", contou o major, referindo que, perante as circunstâncias, a GNR isolou o local e "activou uma equipa de negociadores".

"Através do diálogo e da persuasão", a equipa de negociadores conseguiu "convencer" o homem a terminar o protesto, o que aconteceu "por volta das 23:00", quando o homem "voluntariamente saiu de casa e entregou-se à força da GNR que estava no local", explicou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.