“Guerras” na SATA são culpa de “gestores sem experiência”

“Guerras” na SATA são culpa de “gestores sem experiência”

 

Paulo Faustino   Regional   22 de Nov de 2018, 10:09

Sindicato Nacional Pessoal da Aviação Civil  (SNPVAC) pede a intervenção imediata do Parlamento para salvar a SATA e responsabilizar quem tem prejudicado a companhia

O Sindicato Nacional Pessoal da Aviação Civil (SNPVAC) acusou “os gestores sem experiência” de serem os responsáveis pelas “sucessivas guerras sociais e laborais que têm acontecido na SATA” e pediu a intervenção imediata da Assembleia Regional para ser ainda possível “salvar” a empresa “e responsabilizar aqueles que têm prejudicado a companhia aérea de bandeira, o povo açoriano e a Região Autónoma”.

Numa extensa carta aberta dirigida aos deputados e grupos parlamentares da Assembleia Regional, a qual é hoje publicada na íntegra por este jornal, o SNPVAC critica a “má gestão” do grupo, questionando “a razão pela qual tem sido permitido a quem não tem qualquer experiência no setor da aviação, usar a SATA como uma escola de aprendizagem de como (não) gerir uma companhia aérea, ao invés de se exigir que uma das maiores empresas açorianas seja gerida penas por quem tem experiência e provas dadas ao mais alto nível de gestão aeronáutica”.


Leia mais na edição desta quinta-feira, 22 de novembro, do jornal Açoriano Oriental



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.