"Formação é aposta para preservar cultura musical faialense"

"Formação é aposta para preservar cultura musical faialense"

 

Susete Rodrigues/AO Online   Cultura e Social   18 de Abr de 2019, 11:53

O teatro Faialense acolheu um concerto, levado a cabo pelos cerca de 100 participantes no workshop para filarmónicas, promovido pela Câmara Municipal da Horta e ministrado por 10 formadores sob orientação do diretor artístico e maestro Délio Gonçalves.


“O concerto a que aqui assistimos mostra-nos a riqueza da nossa cultura e da nossa tradição musical, pelo que a aposta na formação é um passo para preservarmos a nossa cultura”, afirmou o presidente da Câmara Municipal da Horta durante a entrega dos certificados aos participantes deste workshop.


Segundo nota, durante a última semana, os nossos músicos tiveram formação em áreas como o oboé, fagote, flauta, clarinete, saxofone, trompete, trompa, trombone, bombardino, tuba, percussão e regência.


Em palco esteve uma mini banda, composta por 40 elementos que, atualmente, integram as escolas de música das filarmónicas locais. Ouviu-se "Dances Around the world" e estilos musicais como Paso Doble, Can Can, Cha cha cha, tango, fandango, rumba e czardas. Foram ainda interpretados temas "Voyage into the blue", "Na ponta do arpão", "Global Variations", "Sax Pack" e "Yakka".

Pelas vozes de Carolina Dias e Nuno Carneiro, acompanhados ao piano por Milton André, foram interpretados quatro temas regionais: "Rema", "Lira", "Chamateia" e "Ilhas de Bruma".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.