Fogo de artifício marca festas em todo o país

Fogo de artifício marca festas em todo o país

 

Lusa/AO Online   Nacional   29 de Dez de 2009, 09:06

Por entre espectáculos diversos, um elemento sobressai nas festas de fim de ano por todo o país: o tradicional fogo de artifício na entrada no Ano Novo, ainda e sempre uma aposta geral um pouco por todo o lado.

Na capital, a Torre Vasco da Gama, no Parque das Nações, acolhe o espectáculo "Onda de Fogo" que, segundo a organização, cobrirá "uma extensão de 500 metros em plataformas aquáticas". Na viragem para o novo ano, como é apanágio na zona, os olhos estarão apontados ao céu e ao fogo de artifício que tomará por assalto a zona oriental da cidade.

Junto à Torre de Belém, a música é o prato principal para os noctívagos da última noite do ano: Os Get Back - The Beatles Tribute recriam os êxitos dos quatro de Liverpool, às 22:00, ao passo que os Xutos & Pontapés são os protagonistas musicais da passagem de ano. Um espectáculo piromusical ilumina o céu às 00:00, como de costume.

Para quem pretenda uma entrada em 2010 mais alternativa, o Santiago Alquimista, junto ao Castelo de São Jorge, recebe uma festa "não aconselhada a cardíacos", informa a organização: a um concerto dos Melech Mechaya, praticantes de música klezmer, junta-se uma actuação DJ da dupla feminina Femme Fatale.

Em Cascais, o último concerto de sempre dos Delfins, filhos pródigos da terra, vira a última página do ano. À meia-noite, lá está, canções como "Ao Passar um Navio" ou "Sou Como um Rio" dão lugar ao fogo de artifício.

Já no Porto, a autarquia promove na Avenida dos Aliados e na Praça da Liberdade a festa de fim de ano, com um espectáculo do cantor Emanuel pelas 22:00 e uma actuação, nos primeiros momentos de 2010, do colectivo Samba Land. O fogo de artificio assinala a passagem de ano às 00:00.

Para os menos dados a grandes multidões, o Plano B, junto aos Clérigos, recebe uma "Sumptuosa festa de fim de ano", onde a música electrónica predominará: os DJs Mr. Mitsuhirato e Rui Maia (membro dos X-Wife), entre outros, darão música no espaço.

A Câmara de Castelo Branco, por seu turno, está a preparar uma passagem de ano com muita animação e fogo de artifício para a zona central da cidade, conhecida como "Docas".

A festa será uma produção da Oops - Produção de Eventos, e actuarão artistas como os grupos Velha Gaiteira, Kapittal e ainda o DJ Tom Rudy com uma performance de bailarinas.

A sul de Lisboa, Almada recebe a tradicional festa de passagem de ano, que destaca Fernão Mendes Pinto e a música do mundo, e assinala o quinto centenário do nascimento do famoso viajante aventureiro e escritor. O largo de Cacilhas receberá um concerto de Roberto Pla e Su Latin Ensemble, arrancando na viragem para 2010 um espectáculo piromusical e de multimédia.

Em Sesimbra, por seu turno, O Surf Clube de Sesimbra (SCS) convida surfistas e bodyboarders a juntarem-se a mergulhadores no fundo do mar. A coreografia subaquática proporciona, em conjunto com o fogo de artifício, um espectáculo de cor e luzes nas águas da baía de Sesimbra.

Tomar, Peniche, Nazaré, Setúbal, Torres Novas, Viseu e Figueira da Foz recebem também espectáculos de entrada em 2010, diferentes na sua raíz mas com um intuito transversal: garantir aos munícipes locais uma entrada festiva no Ano Novo - sempre com fogo de artifício por nos céus.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.