Federação espanhola abre processo disciplinar a Mourinho por infração grave

 Federação espanhola abre processo disciplinar a Mourinho por infração grave

 

Lusa/Aonline   Futebol   23 de Ago de 2011, 16:44

A Federação Espanhola de Futebol (RFEF) instaurou hoje um processo disciplinar ao treinador português José Mourinho, do Real Madrid, por infração grave, nos incidentes ocorridos na segunda “mão” da Supertaça, entre FC Barcelona e os “merengues”.

As imagens televisivas do jogo em Cam Nou, ganho na quarta-feira pelos catalães por 3-2, denunciam uma altercação entre o treinador do Real Madrid e Tito Vilanueva, adjunto de Pep Guardiola na equipa técnica do FC Barcelona.

Caso seja considerado culpado por esta infração grave, José Mourinho arrisca um castigo que pode ir de quatro a 12 jogos de suspensão, enquanto o adjunto catalão pode ser punido, no máximo, com quatro jogos.

Os dois técnicos têm agora o direito de apresentar as respetivas alegações antes da conclusão do processo.

O FC Barcelona conquistou a Supertaça de Espanha, com a vitória por 3-2 sobre os grandes rivais, depois do empate 2-2 no primeiro jogo, em Madrid.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.