Estilistas em disputa para vestir Michelle Obama


 

Lusa/AO Online   Internacional   4 de Dez de 2008, 09:14

Estilistas de renome estão em disputa para assinar a roupa que vai usar a 20 de Janeiro, em Washington, Michelle Obama, durante a cerimónia de investidura do marido, 44/o presidente dos Estados Unidos.
 Geralmente muito bem informado sobre a indústria da moda, o diário Women's Wear Daily (WWD) divulga hoje 34 esboços realizados por celebridades nacionais como Marc Jacobs ou Diane Von Furstenberg, presidente da Associação dos Estilistas norte-americanos (CFDA), e estrangeiros como o francês Christian Lacroix ou Karl Lagerfeld, director artístico da casa Chanel.

    Trata-se de criar dois fatos, um para o ar livre numa cidade onde a temperatura em Janeiro pode descer abaixo de zero, o outro para o baile da noite.

    As filhas do casal Obama, Malia, 10 anos, e Sasha, 7 anos, têm também direito aos seus modelos.

    À parte um casaco com botões, idêntico para as duas crianças, e algum vestuário quente para a futura primeira dama, designadamente um sumptuoso caso azul escuro de Christian Lacroix, os criadores imaginaram sobretudo vestidos de baile.

    Num desenho do estilista Isaac Mizrahi, Michelle Obama e as suas duas filhas surgem com três vestidos compridos, o da mãe em tom framboesa, sem mangas e cintado como ela gosta, enquanto os de Malia e Sasha são respectivamente cor de tangerina e cereja.

    Em contrapartida, para Óscar de la Renta, se a primeira dama e sua filha mais velha vestem comprido, a pequena Sasha terá de esperar alguns anos e contentar-se, por ora, com um vestido pelo joelho.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.