Açoriano Oriental
“Estamos a estudar todos os cenários para a sobrevivência da SATA”

A Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas, Ana Cunha, aborda os planos para retomar a atividade dos voos na Região e os planos que existem para garantir uma intervenção na SATA. Investimentos em obras públicas vão contribuir para dinamizar a atividade económica.

“Estamos a estudar todos os cenários para a sobrevivência da SATA”

Autor: Luís Pedro Silva

A SATA cancelou grande parte da sua operação regular, mantendo apenas alguns voos inter-ilhas para transporte de abastecimentos e um número reduzido de passageiros. Quando é estimado o regresso à atividade normal da SATA, nos voos inter-ilhas e para o exterior da Região?

O restabelecimento progressivo dos serviços de transporte e da conectividade ainda não tem uma calendarização definida e irá depender da flexibilização das restrições de viagem a nível nacional, europeu e mundial, das avaliações epidemiológicas e do aconselhamento médico especializado sobre as necessidades em matéria de saúde e de proteção sanitária.

Uma coisa é certa: não podemos ficar indefinidamente sem ligações aéreas e estando já a ser delineado um plano para uma retoma progressiva da atividade económica nos Açores, necessariamente terá de haver uma retoma progressiva das ligações aéreas, ainda que, numa primeira fase, se possam estabelecer essas ligações aéreas apenas para regiões com uma situação epidemiológica semelhante.

A retoma das ligações aéreas inter-ilhas deverá ser gradual e continuará a depender da evolução da situação de saúde pública nos Açores.

Leia a entrevista na íntegra na edição de domingo, dia 24 de maio, do Açoriano Oriental

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.