Enfermeiros fazem vigília junto ao hospital em defesa da classe

Enfermeiros fazem vigília junto ao hospital em defesa da classe

 

Rui Jorge Cabral   Regional   26 de Fev de 2019, 08:54

Algumas dezenas de enfermeiros reuniram-se ontem ao final da tarde junto à porta principal do Hospital do Divino Espírito Santo (HDES) de Ponta Delgada, para uma vigília em protesto por melhores condições de trabalho e pela defesa do bom nome desta profissão.

Em causa estão as críticas do Governo da República à greve dos enfermeiros às cirurgias nalguns centros hospitalares do continente e que terminou com o recurso à requisição civil. “Neste momento e graças ao Governo em Lisboa que nos chamou tudo o que quis - como ‘criminosos’ ou ‘selvagens’ - quando tem a obrigação de zelar pelos seus funcionários, tudo isso criou nos nossos colegas uma sensação de revolta, que em vez de nos desmoralizar, ainda nos uniu mais”, afirmou Joel Varanda, um dos enfermeiros organizadores da vigília.


Ler mais na edição desta terça-feira, 26 fevereiro 2019, do Açoriano Oriental


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.