Açoriano Oriental
Covid 19:
BE/Açores apela ao cumprimento das medidas decretadas pelo Governo

O Bloco de Esquerda apelou este domingo ao cumprimento das medidas decretadas pelo Governo Regional, no sentido de impedir um eventual contágio pelo novo coronavírus, SARS-CoV-2, que causa a doença Covid-19.

BE/Açores apela ao cumprimento das medidas decretadas pelo Governo

Autor: AO Online/ Lusa

"O BE/Açores apela ao sentido de responsabilidade e à solidariedade de todos os açorianos, perante a situação que se vive no mundo, no país, e na região, face à pandemia provocada pelo novo coronavírus", realçou o partido, em comunicado, adiantando que "esse sentido de responsabilidade e de solidariedade passa por cumprir as medidas em vigor decretadas pelo Governo Regional".

Os dirigentes bloquistas açorianos apelam também para que os cidadãos sigam as medidas anunciadas pelas autoridades de saúde e para que todos mantenham a "calma", no sentido de evitar ações e atividades desnecessárias que possam colocar em causa a saúde, o bem-estar e a segurança das populações.

"O Bloco de Esquerda - Açores considera fundamentais todas as medidas com base científica colocadas em prática pelas autoridades de saúde e pelo Governo Regional que possam evitar o contágio e proteger a saúde da população", concluem os bloquistas.

Também o Chega-Açores emitiu hoje um comunicado, a propósito das medidas anunciadas pelo Governo Regional para fazer face à pandemia do Covid-19, para defender que as autoridades regionais devem apenas permitir a entrada na região dos residentes nos Açores.

"É também posição deste partido que as autoridades de saúde regionais devem assegurar, à chegada, procedimentos de segurança e saúde adequados aos açorianos, que estando ausentes da região nesta data, queiram regressar à sua origem, procedendo à devida quarentena", defendem os dirigentes do Chega.

Recorde-se que os Açores registaram na madrugada de hoje o primeiro caso confirmado de infeção pelo novo coronavírus (uma mulher de 29 anos residente na ilha Terceira), embora existam também outros 14 casos suspeitos, como explicou o diretor regional de Saúde, Tiago Lopes.

"Em dez desses 14 casos suspeitos, já foram efetuadas as recolhas biológicas para análise laboratorial, de cidadãos residentes em São Miguel (sete), da Terceira (dois) e do Faial (um)", explicou o representante da autoridade regional de Saúde, em conferência de imprensa, em Angra do Heroísmo.

Os Açores estão em "estado de contingência", fase à pandemia do Covid-19, ao passo que Portugal continental está já num "estado de alerta".

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.