Açoriano Oriental
Eleições
César pede vitória do PS antes de elogiar cozinheiras da "carne de vaca guisadinha"

O presidente do PS, Carlos César, pediu esta sexta feira a vitória do partido nas legislativas de outubro e também nas regionais dos Açores em 2020, antes de elogiar as cozinheiras da "carne de vaca guisadinha" do jantar-comício desta noite.

article.title

Foto: ANTÓNIO ARAÚJO
Autor: AO Online/ Lusa

Falando em Vila Franca do Campo, na ilha de São Miguel, e perante centenas de militantes socialistas açorianos, Carlos César lembrou logo no arranque da sua intervenção, cerca das 21:30 locais (menos uma hora que em Portugal continental), o "adiantado da hora" e, abordando indiretamente o tema do consumo de carne, valorizou a "carne de vaca guisadinha" que as cozinheiras prepararam para a noite socialista.

O comentário do dirigente socialista surge após a controvérsia gerada pela proibição de consumo de carne de vaca na Universidade de Coimbra.

No que refere à política, César destacou o líder socialista e primeiro-ministro, António Costa, como o "fiel da balança entre a ambição e realidade", "um amigo dos Açores e da autonomia".

"No PS, os Açores não são desprezados por estarem longe de Lisboa e do Porto", disse ainda o presidente dos socialistas, também presidente honorário do PS/Açores.

E concretizou: "É muito importante para os Açores a vitória do PS nestas eleições legislativas e a vitória do PS nas próximas eleições regionais" nos Açores, marcadas para 2020.

Depois, Carlos César enumerou algumas matérias ligadas aos Açores que tiveram avanços com o executivo de António Costa na República, mesmo reconhecendo que "é sempre possível fazer mais e fazer melhor".

"O Portugal que hoje temos é bem melhor do que o que recebemos no início desta legislatura", prosseguiu.

Antes, o presidente do PS/Açores e líder do executivo regional, Vasco Cordeiro, declarou que o PS "merece ganhar" as legislativas de outubro "pelo que apresenta de sentido de futuro".

"Certamente que há questões que temos de trabalhar para chegar a um consenso, mas sei que posso contar com um governo do PS e com o António Costa como primeiro-ministro", acrescentou o socialista açoriano.

A cabeça-de-lista pelos Açores às legislativas, Isabel Rodrigues, prometeu "não deixar ninguém para trás", de Santa Maria ao Corvo, e definiu o PS como o "principal garante da estabilidade política em Portugal".


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.