Candelária faz peregrinação a Nossa Senhora de Fátima

Candelária faz peregrinação a Nossa Senhora de Fátima

 

Carla Ormonde   Regional   12 de Out de 2012, 16:30

Vai realizar-se pelo segundo ano consecutivo a Peregrinação a Nossa Senhora de Fátima, no dia 13 de outubro, entre as freguesias de Candelária e São José, no entanto, desta feita com menos peregrinos.

“Na primeira edição participaram 29 pessoas mas este ano apenas estão confirmadas 15 presenças”, avançou José Carvalho, mestre dos Romeiros da Candelária, que não deixou de referir que “tinha gosto de ter mais participantes, mas as pessoas estão com pouca fé”.

“A juventude anda muito afastada da igreja. Não quer fazer a peregrinação”, enfatizou o mestre dos Romeiros da Candelária, entidade que está a organizar a peregrinação.

 

Cinco horas de peregrinação

Na Peregrinação a Nossa Senhora de Fátima, os integrantes vão partir da igreja de Nossa Senhora das Candeias, na Candelária, pela meia noite do dia 13 de outubro e caminhar até à igreja de Nossa Senhora de Fátima, no bairro social do Lajedo.

Esta é uma peregrinação que dura cerca de cinco horas e na perspetiva do mestre dos Romeiros da Candelária “é um momento bonito, porque cá na ilha é a única igreja que é dedicada a Nossa Senhora de Fátima”.

Conforme informou o mesmo, aquando a chegada dos peregrinos à igreja de destino haverá uma Eucaristia, com cantos dedicados à Nossa Senhora de Fátima.

No que diz respeito à segurança durante a jornada, a organização deixa um alerta aos condutores para que, na madrugada de 13 de outubro, circulem com redobrada atenção na estrada.

Por sua vez os peregrinos que se dirigem a Nossa Senhora de Fátima vão tomar medidas de segurança semelhantes às que são praticadas nas romarias.

“Vamos usar coletes, usar sinalização... enfim, vamos proceder como os Romeiros na Quaresma, para ver se não há incidentes”, concluiu.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.