Açoriano Oriental
Câmara de Angra do Heroísmo apoia com 900 mil euros construção de nova residência universitária

A Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, nos Açores, vai apoiar com cerca de 900 mil euros a construção de uma residência universitária, que representará 100 camas na ilha Terceira

Câmara de Angra do Heroísmo apoia com 900 mil euros construção de nova residência universitária

Autor: Lusa /AO Online

O protocolo para a construção de uma nova residência universitária no ‘campus’ de Angra foi assinado entre o Câmara Municipal da cidade e a Universidade dos Açores.

Em nota de imprensa, a autarquia recorda que a Universidade dos Açores submeteu uma candidatura ao Programa Nacional de Alojamento Estudantil para a criação de três novas residências em Angra do Heroísmo, em Ponta Delgada e na Horta.

Contudo, acrescenta a câmara, como a aprovação da candidatura “não garante a totalidade do montante de investimento necessário para a construção das residências”, a universidade recorreu a protocolos com os municípios para “o cofinanciamento dos custos de construção”.

As três residências representam um investimento de 18 milhões de euros, sendo o custo repartido entre fundos próprios da Universidade dos Açores, através do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), e os municípios.

No caso específico de Angra do Heroísmo, a nova residência irá custar cerca de seis milhões de euros, comparticipando a Câmara Municipal com 901 mil euros.

Citado na nota, o vice-presidente da câmara de Angra do Heroísmo, Guido Teles, salienta que “o município tem sido um parceiro constante da Universidade dos Açores em várias iniciativas que visam a melhoria das condições e bem-estar dos estudantes, associando-se por isso a este projeto”.

De acordo com o autarca, a construção de uma nova residência “será um importante acréscimo ao polo de Angra do Heroísmo da Universidade dos Açores, conferindo-lhe um espaço que oferece uma variedade de comodidades que garante todas as condições para melhorar esta infraestrutura educacional”.

O projeto, acrescenta, “facilita assim o acesso ao ensino superior, proporcionando um ambiente de estudo mais confortável e acolhedor para os atuais e novos alunos”.

A candidatura ao Programa Nacional de Alojamento Estudantil para a criação de três novas residências universitárias, cujo prazo de conclusão é março de 2026, garante 270 novas camas para alunos, 100 em Angra do Heroísmo, 120 em Ponta Delgada e 50 na Horta.

PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados