Juros/Dívida

Bruxelas garante que Portugal não pediu ajuda

Bruxelas garante que Portugal não pediu ajuda

 

Lusa/AO online   Economia   15 de Nov de 2010, 10:46

O porta-voz do Comissário Europeu dos Assuntos Económicos e Monetários garantiu esta segunda-feira que Portugal não pediu ajuda para suportar o aumento dos juros da dívida, lembrando que há contactos "regulares" entre Bruxelas e os Estados membros em pior situação orçamental.
“No caso de Portugal não houve qualquer pedido”, disse o porta-voz, Amadeu Altafaj Tardio, em conferência de imprensa.

O jornal i avança, na edição desta segunda-feira, que “Bruxelas vai pressionar Sócrates para pedir ajuda ao Fundo Monetário Internacional e ao Fundo Europeu”, citando uma fonte comunitária não identificada.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.