Saúde

Brasil adquire 83 milhões de doses da vacina contra a gripe A


 

Lusa / AO online   Internacional   6 de Jan de 2010, 17:44

O Governo brasileiro anunciou a aquisição de 83 milhões de doses da vacina contra a gripe A H1N1 para uma campanha de vacinação que deverá ser iniciada em Março deste ano.
As doses foram adquiridas de três laboratórios diferentes, com destaque para o inglês Glaxo Smith Kline (GSK) e para o brasileiro Instituto Butantan, num investimento total de mil milhões de reais (404 milhões de euros).

O Ministério da Saúde do Brasil, país com cerca de 192 milhões de habitantes, deverá anunciar em Fevereiro os critérios da campanha de vacinação.

As gestantes, profissionais da área de saúde, crianças com até dois anos de idade, indígenas e pacientes com doenças crónicas, como cardíacas, pulmonares ou renais, devem receber as primeiras doses.

No Brasil, a gripe A contaminou um total de 17.219 pessoas, desde o início da pandemia, no ano passado, com 1.368 vítimas mortais, segundo o último levantamento divulgado pelas autoridades.

Com uma taxa de mortalidade de 0,7 mortes em cada grupo de 100.000 habitantes, o Brasil integrou o grupo de países onde foi registado o maior número de mortes.

Entre o total de contaminados, mais de um terço (5.369) foi de mulheres em idade fértil (15 a 49 anos), sendo que desse total 1.414 estavam grávidas e 135 morreram.

As regiões Sul e Sudeste do país, próxima da fronteira com a Argentina, onde são registadas temperaturas baixas no Inverno, foram as mais atingidas, com destaque para os estados de São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.