Bolieiro quer transformar a tradição de São Martinho num grande evento de Ponta Delgada

Bolieiro quer transformar a tradição de São Martinho num grande evento de Ponta Delgada

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   9 de Nov de 2018, 10:44

O Campo São Francisco, acolhe nos dias 10 e 11 novembro, o “São Martinho Fest”, que pretende “transformar a nossa tradição do São Martinho, que se limitava a pequenos encontros entre grupos de amigos, num grande evento da cidade”, afirmou o presidente da autarquia, José Manuel Bolieiro, em conferência de imprensa.

Citado em nota de imprensa, José Manuel Bolieiro, referiu ainda que “da parte da câmara, em termos estratégicos, o nosso objetivo tem sido o de criar eventos âncora, que ajudem a distinguir Ponta Delgada como uma cidade com capacidade de mobilizar e concentrar pessoas para o convívio e para a animação ao longo do ano”.


“Espera-se que esta festa seja um verdadeiro sucesso, não só para os residentes e amantes do São Martinho, mas também uma curiosidade para os turistas participarem e com isso valorizarem Ponta Delgada, a ilha de São Miguel e os Açores, não só como um destino de contemplação de natureza, mas também de boa ocupação em tão variadas e tradicionais atividades, que estimulam o turista para o regresso” concluiu o presidente do município.


Por seu turno, a vereadora Maria José Lemos Duarte, enquanto responsável pela área da Cultura, aproveitou para destacar alguns dos critérios considerados pela autarquia como fundamentais para a realização deste evento, como foi o caso do “recurso a copos reutilizáveis, em prol do ambiente”, a “primazia pela contratação de grupos de artistas locais” e a formulação de “convites aos responsáveis pela restauração e artesanato local” para se integrarem nesta iniciativa.


O presidente da Junta de Freguesia de São José, Jorge Oliveira, enalteceu a iniciativa, afirmando que a mesma “vem ao encontro de uma preocupação da junta, que se prende com a dinamização do Campo São Francisco, uma praça emblemática da nossa freguesia e da nossa cidade”.


Francisco Lopes, da “Só Festas”, empresa que irá executar esta iniciativa da autarquia, apresentou o cartaz do “São Martinho Fest”, como “um programa variado e eclético, sempre com a intenção de dar mais um palco aos nossos artistas regionais”.


“Paralelamente à música, teremos uma feira de artesanato com artesãos locais, que irão expor e realizar workshops, e uma feira gastronómica, que terá, entre outras iguarias, pataniscas, presunto, queijo da serra da estrela, doces tradicionais, vinho quente e um assador de castanhas de Lisboa”, disse na mesma.


A entrada para este evento é livre e todos os interessados vão poder desfrutar de uma tarde e um serão diferente, no dia 10 de novembro, das 17 horas e a 01h oras, e no dia 11, entre 15 horas e as 00 horas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.