Benfica vence dérbi e reforça liderança do nacional de futsal

Benfica vence dérbi e reforça liderança do nacional de futsal

 

Lusa/Ao online   Outras modalidades   21 de Out de 2018, 20:06

O Benfica consolidou este domingo a liderança da fase regular do campeonato nacional de futsal, ao vencer na receção ao rival Sporting, por 4-1, em jogo da sexta jornada, no qual Fernandinho anotou três golos.

O ala benfiquista inaugurou o marcador, aos 15 minutos, e Fits aumentou a contagem, aos 17, antes de Léo Jaguará reduzir para os 'leões' ainda no primeiro tempo, aos 19. No segundo tempo, Fernandinho marcou por mais duas vezes, aos 23 e 37 minutos, dilatando os números do triunfo 'encarnado' no dérbi.

A equipa da Luz somou a sexta vitória no mesmo número de jogos, liderando isolada esta primeira fase do campeonato, com 18 pontos, mais três do que o Modicus (15), segundo classificado, e mais cinco do que o Sporting (13), terceiro.

Guitta e Roncaglio tiveram um início de jogo ativo, ainda que defendendo, com maior ou menor dificuldade, as iniciativas adversárias. Se Merlim e Cavinato colocaram à prova o guardião 'encarnado', o mesmo sucedeu com André Coelho, que rematou para a primeira 'parada' de Guitta.

De resto, ainda antes dos 10 minutos, ambos os guarda-redes foram cruciais para manterem o nulo no marcador. Primeiro, foi Guitta a colocar fim a uma combinação entre Rafael Henmi e Tiago Brito, e, logo de seguida, seria Roncaglio a erguer-se perante Erick.

As duas formações iam atacando as balizas, não se retraíam, mas não conseguiam encontrar o caminho para o golo, até que, ao quarto de hora, Fernandinho inaugurou o marcador, após trabalho individual dentro da área, e Fits dilatou a vantagem benfiquista, dois minutos depois.

Os tricampeões nacionais relançaram o jogo ainda antes do intervalo, através de Léo Jaguará, numa recarga a remate de Dieguinho, só que, no regresso dos balneários, a formação da Luz voltou a repor a vantagem de dois golos, com Fernandinho a 'bisar'.

A partir daí, seguiram-se vários minutos de muita luta, muita vontade, mas com as oportunidades a escassearem, sendo a única exceção um duelo entre guarda-redes, no qual Roncaglio levou a melhor perante o remate de Guitta.

Os 'leões' não conseguiam fazer face à organização dos 'encarnados', que, por seu lado, com vantagem de dois tentos, geriam os acontecimentos sem se exporem em demasia. Nos últimos quatro minutos, o Sporting passou a jogar no 5x4 e acabou por sofrer um quarto golo, o terceiro de Fernandinho.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.