Açoriano Oriental
BE/Açores quer chegada e implementação “célere” de fundos europeus

O BE/Açores considerou que os fundos comunitários anunciados para a região são “dados positivos”, mas pede que “a sua implementação e a sua chegada à região seja célere”.

BE/Açores quer chegada e implementação “célere” de fundos europeus

Autor: Lusa/AO online

Em reação aos fundos comunitários para os Açores, que foram anunciados esta quinta-feira, o líder parlamentar bloquista, António Lima, declarou aos jornalistas que “sendo, obviamente, dados positivos, são dados que, neste momento, todos os líderes europeus, nacionais e de governos das regiões, onde eles existem, estão neste momento a dar, porque derivam de uma situação extraordinária que é a resposta à pandemia que a União Europeia teve de dar”.

Para o deputado, as “notícias positivas para os Açores” precisam também “que a sua implementação e a sua chegada à região seja célere”, caso contrário, a capacidade de resposta “a uma crise que será intensa e prolongada será reduzida”.

A região irá receber, no âmbito dos fundos de coesão, para o período de programação de 2021 a 2027, 1.359,3 milhões de euros, um aumento de 9% em relação ao quadro anterior.

Já do novo Plano de Recuperação Europeu, chegam 1.035,6 milhões de euros, dos quais 198 milhões destinam-se à recuperação dos danos causados pelo furacão Lorenzo, que passou na região em outubro de 2019, causando um prejuízo estimado em 330 milhões de euros.

Com os apoios específicos para a Pesca e para a Agricultura ainda por negociar, a região já garantiu 2.394,9 milhões de euros, sendo que o Governo Regional, baseando-se nos apoios setoriais anteriormente concedidos, estima que esse montante possa subir para cerca de 3.257 milhões de euros.

António Lima alertou que os números “carecem de uma análise fina”, acrescentando que “o presidente do Governo anunciou diversos valores, diversos fundos”, sendo que, “parte desses valores constituem empréstimos e alguns deles, por exemplo, do furação Lorenzo, já estariam previstos e não são, propriamente novidade”.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.